Rio de Janeiro - Copyright © 2012 - 2017   -  www.doisabordo.com.br  -  Criado por GET Realizações 

DOIS A BORDO

contato.doisabordo@gmail.com

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon
  • White Snapchat Icon
  • White Twitter Icon
  • White RSS Icon
Please reload

DESERTO DO ATACAMA EM 5 DIAS

3 Jan 2017

 

Reservamos 5 dias para conhecer o deserto do Atacama. São inúmeros passeios e lugares para visitar e queríamos ver tudo com calma. Por isso, separamos um dia para cada passeio. Assim, poderíamos curtir a cidade, descansar e conhecer a gastronomia local. Então vamos logo ao que interessa porque tem muita dica boa pra compartilhar com vocês. Se prepare para acordar cedo e enfrentar a variação de temperatura do deserto.

 

No primeiro dia Acordamos as 5 da manhã pro nosso primeiro passeio pelo deserto. Um frio... E um silêncio que eu nem sabia que existia. Estamos hospedados no vilarejo de San Pedro de Atacama, que fica na porta de entrada para o deserto. Mesmo havendo uma pequena população local de apenas 2 mil habitantes e mais um punhado de turistas, o silêncio que faz aqui é inacreditável! O deserto é tão quieto que chega a ser ensurdecedor. O nada vira um grande ruido nos ouvidos que encomoda. Compramos todos os passeios assim que chegamos na cidade. Há varias agências de turismo por lá, mas você pode ver as ofertas e agendar antecipadamente aqui:Agências San Pedro Atacama.

 

Realmente, o Atacama tem o seu charme. San Pedro parece uma cidadezinha rural no meio do nada. As casas são feitas de pedra e lama, e tem somente duas ruas principais. O maior movimento fica localizado em um quarteirão e na pracinha da igreja. Nosso quarto nao tinha tv e quase não tinha lâmpadas! Eles utilizam técnicas pra aproveitar ao máximo a luz do sol. A noite é tão estrelada que parece possível esticar o braço e apanhar uma estrela. A comida é sensacional e merece um post a parte. Tudo fresquinho e saboroso!! E por fim, os lugares são lidos! É quase inacreditável aos olhos as paisagens que o deserto proporciona. Pra quem quer se livrar do peso que a vida na cidade nos impõe e experimentar o contato com a natureza mais árida do mundo, o deserto do atacama é o destino certo!

Leia também:

As vinícolas do Valle Colchagua

Roteiro Chile

Santiago-Roteiro 3 dias

 

SALAR DO ATACAMA

Pegamos o transporte e em 5 minutos estávamos fora do povoado, na estrada para o Salar de Atacama. Nossa primeira parada foi na Laguna Chaxa para ver os flamingos. Nem preciso dizer que a paisagem no deserto é maravilhosa, né!? Essas aves se alimentam de microinvertebrados que vivem nas pequenas lagoas que se formam pelo salar. São eles que dão essa coloração rosada as plumas dos flamingos. Por causa da alta quantidade de sal na água e da evaporação o terreno é cheio de pedras de sal! Parece até uma vegetação rasteira.

 

Depois de uma parada rápida para o café da manhã no deserto, voltamos a estrada. Agora direto para a Laguna Miscanti e Laguna Menique que estão a 4.200 mts acima do nivel do mar. Quanto mais alto, mais verde vai ficando a paisagem, cheia de um capim dourado que cresce entre as muitas pedras nesse deserto. Essa é uma área fértil no atacama! Não fosse o vento daria até pra pegar um solzinho. 

Na volta, passamos por um povoadinho no meio do deserto com apenas 126 habitantes. Acho que no meu predio moram mais pessoas que em Socaire.

 

 Reparei que durante todo o caminho haviam montinhos de pedras empilhadas. Fiquei curiosa pra saber quem atravessaria o deserto empilhando pedrinhas. Paramos então num ponto do Caminho Inca que ligava Machu Pichu a Santiago nosso guia explicou que esses montinhos são chamados de "Apacheta".  Um lugar de descanso para os mensageiros que atravessavam o deserto. Alí eram deixados mantimentos por outros mensageiros. Também pode ser um lugar sagrado! Uma espécie de altar que substituiu os antigos sacrifícios humanos que eram feitos nos vulcões. Os atacamenhos constroem esses montinhos e deixam oferendas para os ancestrais e agradecem a mãe terra por cuidar tão bem deles. Eu contrui a minha apacheta! Um passeio inesquecível…

 

Veja outros passeios:

Geiser Del Tatio, Deserto do Atacama

Vale da Morte/Vale da Lua

Cavalgada até a Pukará de Quitor

Pôr do sol- Laguna Cejar

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Please reload

recentes

casal tipo

MAIS DESTINOS

Please reload

  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

siga