top of page

PATAGÔNIA: UMA DIA NA ESTÂNCIA

Para ver de perto como vivem os “fueguinos” visitamos uma autêntica estância patagônia- são imensas fazendas de gado que estao por todo o território. A “la Carmencita” foi uma das pioneiras na região. A estancia foi fundada em 1937.Fomos recebidos com muito carinho pelo Ar. Andrey e seus filhos que trabalham juntos atendendo os turistas.


Para conhecer a fazenda, embarcamos num Jeep 4x4, um triciclo e montamos a cavalo. Afinal, são 27 mil hectares de terra patagônica. O Facundo, nosso guia, explicou um pouco sobre a vegetação local…

Nos mostrou o que é uma “barba de velho”, são parasitas encontrados nas árvores que indicam que o ar do lugar do local é puro. Um "farol de chino” é uma espécie de cogumelo que parece um cérebro e contém muita proteína. Ele contou que para os antigos indígenas era como um doce, melhor do que qualquer outra coisa, gostavam muito. Eu achei que não tinha sabor de nada! Não é salgado nem doce.



Logo abaixo, está o Lago Fagnano, que é o maior lago aqui da região, tem mais de 100 km de extensão e chega ate o Chile. e é lindo… diz que a água é tão cristalina e limpa que da até pra beber… E o visual eh deixar o queixo caido… Visitamos também uma castoreira para ver o trabalho dos Castores, bichinho nada bem vindos na região. Parece que ele não estava em casa. Encontramos apenas uma montanhazinha de galhos e musgos, é onde ele mora.


Para não deixar a tradição de lado, voltamos cavalgando para a casa da família Fernadez e encerramos o dia aquecendo a alma com uma refeição preparada pela própria “senhora Fernandez”- sopa de criolla! Uma maneira simples e deliciosa de conhecer a vida no campo patagônico.

#Relax #Patagônia #Aventura #Natureza #Gourmet

recentes

casal tipo

Nenhum tag.

MAIS DESTINOS

siga

  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page